Assine agora| Versão impressa
Publicado em 23/09/2019 às 14:24h - Atualizado em 23/09/2019 às 14:24h Por: Redação-Maringa

Empresa de turismo mais antiga do mundo declara falência


Site

A histórica operadora de turismo britânica Thomas Cook, a mais antiga do mundo, declarou falência e o fim de suas operações, o que obrigou as autoridades a iniciar uma operação sem precedentes para repatriar clientes em viagem em vários países.

A empresa confirmou que, somando todos os destinos e nacionalidades, tem atualmente quase 600 mil turistas de férias pelo mundo, sendo 150 mil britânicos.

Com a falência, 22 mil funcionários em todo o mundo estão com os empregos ameaçados, sendo 9 mil deles no Reino Unido.

A empresa britânica foi fundada em 1841 e tinha 178 anos. Pioneira nos pacotes de viagem de férias familiares na Europa, América, África e Oriente Médio, a Thomas Cook negociou intensamente durante todo o fim de semana em busca de uma injeção de capital de 200 milhões de libras (quase US$ 250 milhões) para evitar o colapso. Mas as conversações com credores e acionistas fracassaram, e a operadora encerrou as atividades.

A Thomas Cook foi abalada por uma dívida de US$ 2,1 bilhões, segundo a Reuters. O grupo registrou uma forte queda em seus negócios nos últimos anos, consequência da concorrência intensa dos sites de viagens e das dúvidas dos turistas a viajar ante as incertezas sobre o Brexit, adiado duas vezes este ano, destaca a agência France Presse.

Empresa não operava no Brasil

O grupo não operava voos no Brasil, segundo a Anac (Agência Nacional de Aviação Civil). Em nota, a agência afirmou que "eventuais contratos de transporte entre brasileiros e a empresa, ou com outra empresa que operava em codeshare, estão sob a legislação do país em que se iniciava o voo com a Thomas Cook".

A falência da Thomas Cook atinge sites globais de agendamento de viagens, empresas de cartão de crédito, agências de turismo que usam suas linhas aéreas e ruas comerciais britânicas em que seus agentes foram obrigados a fechar as portas.

A companhia aérea alemã Condor, que pertence ao grupo Thomas Cook, anunciou que mantém seus voos, apesar da falência, e solicitou um empréstimo de emergência ao governo alemão.

No Reino Unido, a falência de um grande nome nacional do turismo provocou o início de uma caça aos culpados. A ministra britânica das Empresas, Andrea Leadsom, pediu uma "investigação acelerada".

Fonte: G1

 
 





Ver em PDF


Endereço
Rua Martin Afonso, 1587
Jd. Novo Horizonte - Sede Própria
WhatsApp
(44)99101.3543

E-mail
joelglup@gmail.com

Telefone
(44) 3026-8585
Religiosidade - Há quanto tempo você não vai à igreja?






Copyright© - Portal Glup
Central de Atendimento | Anuncie no Glup
JC Mantovan