Assine agora| Versão impressa
Publicado em 24/09/2019 às 00:28h - Atualizado em 24/09/2019 às 01:28h Por: Editores

Médico cria prótese cardíaca premiada em congresso na Europa


Site

Redação 

O médico brasileiro Diego Gaia, de 41 anos, da Escola Paulista de Medicina (Unifesp), acaba de fazer uma viagem científica coração adentro com um cateter levando uma válvula cardíaca acoplada a um stent para instalar, pela primeira vez direto em humano (“first in man”), uma prótese na aorta ascendente junto com a válvula cardíaca de tecido bovino.

 Apresentada em congresso em Paris em maio, a técnica inovadora foi selecionada entre os oito melhores de mais de 1.400 trabalhos e acaba de ser premiada como “Melhor Caso do Ano - 2019” em congresso de válvulas em Londres, que será em novembro.

A Medicina já permitia o tratamento só da válvula ou só da aorta de maneira endovascular, por cateterismo, sem a necessidade de abertura do peito do paciente, procedimento que dificulta a recuperação da cirurgia. Mas em dezembro, Gaia uniu as duas tecnologias, o stent e a válvula transcateter, na mesma peça, preparada na medida específica do paciente.

Originalmente a matéria foi publicada pelo "Estadão", e a  reportagem da Revista RCP e em razão de sua importância pretende ouvir opiniões de cardiologistas de Maringá sobre esse tema, que estará em destaque na edição comemorativa dos 20 de fundação da Revista Conexão Paraná de outubro. 

 


Galeira de imagens






Ver em PDF


Endereço
Rua Martin Afonso, 1587
Jd. Novo Horizonte - Sede Própria
WhatsApp
(44)99101.3543

E-mail
joelglup@gmail.com

Telefone
(44) 3026-8585
Religiosidade - Há quanto tempo você não vai à igreja?






Copyright© - Portal Glup
Central de Atendimento | Anuncie no Glup
JC Mantovan