Últimas notícias
  1. Comissão da Câmara tem novas propostas de combate à Covid-19
  2. Empresário com Covid-19 recebe amigos em festa na piscina
  3. Trump testa negativo para coronavírus pela segunda vez
  4. Rio de Janeiro tem mais 12 mortes e casos confirmados se aproximam de mil
  5. Assim como Brasil, Estados Unidos deve indicar máscara de tecido contra Covid-19
  6. MP ajuíza ação para que Sabesp garanta água potável em favelas de SP
  7. 'Estou trabalhando', diz Mandetta após ataque de Bolsonaro
  8. Funerárias são denunciadas por não seguir orientação da OMS no manejo de corpos
  9. Senado segue Câmara e aprova PLN 2, sobre emendas parlamentares
  10. Qualidade do ar no Rio melhora em quarentena contra Covid-19
  11. Bolsonaro considera propor jejum de todos os brasileiros contra a Covid-19
  12. Em entrevista, Bolsonaro defende retorno de atividades na próxima semana
  13. Bolsonaro diz que Bruno Covas adota medidas de terror em São Paulo: "vergonha"
  14. Governo faz pesquisa para avaliar comportamento no combate à Covid-19
  15. Decreto de Bolsonaro que autorizou atividades religiosas volta a ser suspenso
  16. Brasil acertou: suspensão de voos é medida eficaz contra a Covid-19
  17. Zona Oeste e Sudeste de São Paulo são as mais afetadas por Covid-19
  18. Brasil tem milhões em grupo de risco de Covid-19
  19. Médicos dizem a Bolsonaro que não é possível relaxar isolamento
  20. Secretaria de Saúde Indígena reestrutura comitê de crise para combater Covid-19
  21. Prefeitura de São Paulo repassa merenda escolar para centros de acolhimento
  22. ICMBio contrata brigadistas para combater queimadas
  23. Marta Suplicy se filia ao Solidariedade visando eleições
  24. Aviões da FAB podem ser enviados para buscar equipamentos médicos na China
  25. "Tá com medinho do vírus?", diz Jair Bolsonaro ao debochar de governadores
news-details

Da Redação

Foto: Andye Iore/PMM

 

O Gabinete do vice-prefeito Edson Scabora vai servir como sede para o Comitê de Gestão de Combate à Dengue, definido na manhã desta quarta-feira quando o prefeito Ulisses Maia (PDT) recebeu representantes do Ministério Público, Polícia Militar, Força Verde, associações de bairros e secretários municipais para debater estratégias para impedir o avanço do mosquito Aedes Aegypti, transmissor do vírus da dengue.

De acordo com o secretário de Saúde, Jair Biatto, o gabinete vai criar estratégias, definir a execução de ações e receber sugestões. A primeira ação, segundo ele, será um trabalho de conscientização de estudantes, pais de alunos e professores nas escolas neste início de ano letivo. “Vamos colocar nas mochilas dos alunos material informativo para as famílias, a fim de que todos possam dar sua contribuição no combate ao mosquito. Alguns trabalhos devem ser desenvolvidos em conjunto com outros municípios da região, onde também os números preocupam.

A estimativa dos órgãos é que em março haja um pico de casos positivos, aumentando riscos de mortes pela doença. "Temos que fazer ações para mudar o resultado da dengue em Maringá e no Paraná", disse Biatto. 

Relatório da Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) apontou que há 14.697 casos positivos de dengue no Paraná. Foram confirmadas sete mortes pela doença e estão em investigação outras oito em hospitais de Maringá, com pacientes entre 7 e 88 anos, sendo cinco maringaenses e três de outras cidades da região. 

De acordo com a Sesa, são 50 cidades paranaenses em epidemia e 29 em estado de alerta. 

Livro 2021
Enquete

Se estiver no primeiro mandato, quais as chances do prefeito de sua cidade se reeleger ?


Todas

Nenhuma

Poucas