Últimas notícias
  1. Estados Unidos registram mais de 500 mortes por Covid-19 neste sábado
  2. 171 mil máscaras da iniciativa privada são entregues ao Governo de São Paulo
  3. Navio com 35 casos suspeitos de Covid-19 atraca no Porto de Santos
  4. São Paulo tem 84 mortes e 1.406 pacientes contaminados pela Covid-19
  5. Em vídeo, Eduardo Paes rebate acusações de corrupção passiva e fraude
  6. Brasil tem 114 mortes e atinge 3.904 casos do novo coronavírus
  7. Total ou vertical? Tipo de isolamento pode gerar 12x mais mortes, diz estudo
  8. STJ liberta todos os presos do Espírito Santo cuja liberdade depende de fiança
  9. Antônio Felícia, prefeito do PT, morre de coronavírus no Piauí
  10. BRT vai interromper parte da circulação para desinfectar estações
  11. Justiça suspende campanha de Bolsonaro contra isolamento social
  12. Berço da Covid-19, Wuhan reabre ferrovias para desembarques
  13. Isolamento voluntário: “me demiti para proteger a família”, diz fotógrafo
  14. Exame definitivo em laboratório descarta morte por coronavírus no DF
  15. Governadores, prefeitos e partidos se unem contra Bolsonaro e apoiam isolamento
  16. Amazonas já tem ao menos dois indígenas infectados por coronavírus
  17. Isolamento vertical foi ineficaz em outros países, diz médica da Fiocruz
  18. Distrito Federal registra primeira morte pelo coronavírus; vítima tinha 46 anos
  19. Espanha bate recorde e registra 832 mortes em 24 horas; casos chegam a 72 mil
  20. Por coronavírus, Justiça do Rio liberta presos que ainda não foram julgados
  21. Sem teste para coronavírus, mortes em SP são citadas como "causa indeterminada"
  22. Estudo prevê 1 milhão de mortes no Brasil com fim de isolamento social
  23. Vereadores de São Paulo aprovam R$ 1,5 bilhão para combate ao coronavírus
  24. Governo vai recorrer de decisão que excluiu igrejas de atividades essenciais
  25. Sábado quente e seco em São Paulo
news-details

Redação

Foto: Edu Correa

 

O Instituto Médico Legal (IML) de Maringá, que corria o risco  de ter parte de suas atividades interrompidas por falta de servidores que ocupam funções como motoristas e outras, vai contar com a ajuda da prefeitura para que nenhum serviço oferecido pelo órgão seja prejudicado. O prefeito Ulisses Maia (PDT) esteve no Instituto e anunciou que o município vai ceder temporariamente funcionários da prefeitura para suprir a falta de servidores no IML.

 

O IML informou na semana passada que a partir de março não deveria mais realizar o trabalho de recolhimento de corpos por não ter mais quem dirija seus veículos. Nos últimos anos, vários funcionários se aposentaram ou morreram, desfalcando o quadro de servidores, que já era bastante restrito.

Segundo o prefeito, o Instituto Médico Legal é um órgão do governo do Estado, mas a população espera receber os serviços sem a preocupação se eles são municipais, estaduais e federais. “A prefeitura de Maringá tem sido parceira de vários órgãos estaduais, emprestando suas funcionários. O IML presta um grande serviço em Maringá e a dezenas de outras cidades da região, trabalho que não pode ser interrompido”.

Biênio Cultural
Enquete

Se estiver no primeiro mandato, quais as chances do prefeito de sua cidade se reeleger ?


Todas

Nenhuma

Poucas