Últimas notícias
  1. Putin declara emergência após vazamento de 20 mil toneladas de óleo na Sibéria
  2. Em São Paulo, 15% dos policiais e seus familiares já tiveram Covid-19
  3. Caminhão de coleta de lixo é usado em assalto a posto de gasolina
  4. Ataque em escola da China deixa 37 crianças feridas por facadas
  5. Velório de bebê indígena pode ter espalhado Covid-19 em aldeias do Mato Grosso
  6. Políticos pedem que MPF investigue Camargo, presidente da Fundação Palmares
  7. Celso de Mello nega pedido de Weintraub para adiar depoimento sobre racismo
  8. Anonymous expõe caso Marielle com dados de supostos envolvidos
  9. Nova autópsia diz que George Floyd teve Covid-19 antes da morte
  10. Crescimento de até 763%: cidades do Rio vivem "explosão" de casos da Covid-19
  11. Rio: mesmo sob intervenção, hospitais de campanha não têm prazo para abrir
  12. Futuro secretário da Saúde, empresário defende uso da cloroquina como prevenção
  13. Google explica: como é feita a publicidade citada por Wajngarten
  14. Covid-19: Brasil tem 1,3 mil mortos em 24h; total de óbitos é 32.548
  15. Anonymous Brasil promete divulgar "a verdade" sobre caso Marielle
  16. Senado aprova prevenção à violência doméstica como serviço essencial
  17. Não houve tráfico de influêcia entre Moro e Zambelli, afirma Aras
  18. Possível data de volta às aulas no Rio é divulgada; veja
  19. Covid-19: Rio tem recorde de mortes em 24 horas; óbitos passam de 6 mil
  20. Alexandre de Moraes diz que Judiciário é independente
  21. Obama lamenta morte de George Floyd e vê mobilização jovem nos EUA
  22. Madeleine McCann: pedófilo alemão identificado como novo suspeito
  23. Secom ataca jornal que divulgou anúncios do governo em sites de Fake News
  24. Governo de SP repassará respiradores à cidade de Guarulhos
  25. TSE julga ações que pedem cassação de Bolsonaro e Mourão na próxima semana
news-details

 Redação

A unidade industrial da GTFoodsno município de Paranavaí continua sofrendo as conequências  do surto do novo coronavírus entre seus  funcionários, que, segundo relatos, fez aumentar pot3encialmente o número de pessoas contagiadas na cidade e em outros 21 pequenos municípios da região. Pelo menos 20 empregados da GTFoods foram infectados com o vírus e três morreram, de acordo com a prefeitura de Paranavaí, a maior cidade da região, com aproximadamente 88.300 habitantes. A empresa emprega 2.100 pessoas residentes no município e em cidades do entorno -a maior delas possui cerca de 23.000 habitantes.

O crescente avanço da Covid-19 a partir da contaminação no frigorífico levou a regional de saúde de Paranavaí à primeira posição no ranking paranaense que mede o coeficiente de incidência do novo coronavírus por milhão de habitantes. Nesta sexta-feira (15), eram 925 contaminados por milhão de pessoas na regional. O número é próximo do índice nacional (960), mas muito acima do registrado no Paraná, de 187 casos por milhão de habitantes. Só seis dos 28 municípios da área não possuem registros da Covid-19. O contágio dos funcionários  repercutiu na imprensa brasileira, como esta matéria publicada neste fim de semana em jornal gaúcho:
https://gauchazh.clicrbs.com.br/geral/noticia/2020/05/contaminacao-em-frigorifico-causa-surto-de-covid-19-em-22-pequenas-cidades-do-pr-cka8vci6m012p01pfm6rx1kqp.html

Mas existe o lado social do grupo GT Foods. Em Maringá, em iniciaitiva do próprio diretor do frigorífico, Cilomar Tortola, ou "Cilinho" como seus amigos o chamam, patrocinou uma live musical para ajudar artistas, na maioria músicos, que ficaram sem ambiente profissional com a pandemia do novo coronavírus. Indiferente as eventuais críticas que recebe por sempre buscar as luzes da imprensa para qualquer iniciiativa de cunho filantrópico, Cilinho continua colocando a GTFoods no patamar das empresas mais conceituadas do Paraná. Confira essas ações: 

Maringá Encantada
  • news-details

*Com assessoria

As instituições de saúde estão na linha de frente, diariamente, no combate ao coronavírus. Pensando nisso e nas dificuldades geradas pela superlotação e a falta de recursos contra a COVID-19, a GTFoods realizou uma ação para ajudar hospitais do Paraná. A empresa fez a doação de mais de 06 toneladas de alimentos, beneficiando ao total, seis hospitais em todo o estado. As doações foram distribuídas ao Hospital Universitário de Maringá, à Santa Casa de Maringá, ao Hospital Santa Clara, de Colorado (PR), ao Hospital Metropolitano de Sarandi (PR), Hospital Municipal São José de Paiçandú, e à Santa Casa de Paranavaí, que também foi contemplada com a doação de mais de 2 mil máscaras. Além disso, mais de 150 cestas básicas foram cedidas para Live Solidária de Maringá.

De acordo com o gerente de marketing da GTFoods, Hudson T. Delalíbera, essa foi uma forma de registrar a gratidão da empresa aos profissionais de saúde e de contribuir para que os recursos dos hospitais, utilizados na compra de alimentos, possam ser redirecionados ao atendimento de pacientes. “Eles estão deixando as suas famílias em casa, para cuidar da nossa. Esperamos que este gesto possa inspirar a todos, pois é preciso entender que juntos somos mais fortes”, relata.

 

Ações solidárias- Além dessa ação, a GTFoods realizou antes da pandemia, em Maringá (PR), a GTFest 2020, que é uma confraternização solidária, que ocorre anualmente, em que o ingresso para entrada no evento é a doação de 1kg de alimento não perecível. Nesta edição, foi arrecadado entre os colaboradores, 1,5 tonelada de alimentos para doar às famílias necessitadas. Com essa festa, duas ações sociais foram contempladas: a Creche Menino Jesus com 87 cestas básicas e o projeto Mão Que Alimenta com 35 cestas básicas. “Ajudar faz muito bem, sempre que podemos, contribuímos. A Creche Menino Jesus, por exemplo, é contemplada pelas doações da empresa mensalmente. Aqui as pessoas realmente precisam, afinal, a instituição acolhe em contraturno mais de 200 crianças”, relata Hudson.

 

Outras ações- Entendendo a importância de manter ações como essa na rotina da empresa, a GTFoods realiza periodicamente auxílio de alimentos a mais de 70 instituições que necessitam. “A GTFoods procura ajudar ao máximo possível. No DNA da empresa nós temos responsabilidade socioambiental, então, além dessas doações que a gente faz, temos diversos outros programas que atuam dentro desse âmbito”, afirma Hudson. As ações de responsabilidade social ocorrem de forma frequente na GTFoods. Um exemplo desta atuação, ocorreu no mês passado, quando o presidente do conselho da GTFoods, Ciliomar Tortola, realizou uma doação em nome da empresa a um casal que precisava de um carrinho de recolhimento de coleta seletiva. A ação foi feita ao vivo, durante o programa Maringá Urgente. A esposa, também teve a chance de ganhar uma vaga de emprego na empresa e hoje se encontra no quadro de colaboradores.

Biênio Cultural
Enquete

Se estiver no primeiro mandato, quais as chances do prefeito de sua cidade se reeleger ?


Todas

Nenhuma

Poucas